quarta-feira, 30 de março de 2016

Words can change your day

Não me lembro de ouvir o "adoro-te". Parece tão distante agora. E sei que os dizes por aí. E sei que não a mim. E sei que o que importa é viver o presente. E eu sei o que fiz. Eu sei o que não fiz. E também sei o que não posso fazer agora. Mas gostava de ouvir aquela palavra, porque achava que era verdade. Mas comigo não é. Falo, falo e não digo nada... E não posso dizer. Fico ruída por dentro, fico com medo do futuro, principalmente se nunca mais ouvir a palavra, se nunca mais ouvir aquele tom de voz "meloso" e agradável ao coração, aquele jeito, aquele tempo e aquele olhar. E "adoro-te" é tão simples de se dizer... Exceto se for para mim.
Sunshine

Sem comentários:

Enviar um comentário

As palavras são como os pássaros: nasceram para serem livres, soltas ao vento... Elas reclamam liberdade.