sábado, 5 de março de 2016

Vou reescrever a história, a minha história. Os sítios podem ser os mesmos, mas podemos vê-los de outra maneira. Um amigo disse-me algo do género hoje e fiquei a pensar... Ele tem razão. O que lá vai lá vai... 
Mas como as palavras não bastam, o melhor mesmo é pôr em prática a teoria. 
Sunshine

1 comentário:

As palavras são como os pássaros: nasceram para serem livres, soltas ao vento... Elas reclamam liberdade.