domingo, 26 de outubro de 2014

Lost

A humanidade desilude-me, entristece-me. Toda a guerra, toda a falta de paz e amor deixam-me cabisbaixa. Mas não só. Todas as mudanças que ocorrem na sociedade só salientam o seu aspeto negativo. As pessoas não sabem viver... divertem-se com álcool, riem-se com charros e falam como se estivessem a dormir. Sinto-me um ser à parte. E eles falam e riem-se e eu observo. Não gosto da sensação. E como não compreendo o mundo, escrevo. 
Sunshine

2 comentários:

  1. Eu bebo, já fumei esses charros que falas, já quis esquecer, já vivi da revolta (talvez ainda viva), já me queimei e senti...
    Não estás só, só que lutar contra tudo é muito, trava uma guerra de cada vez....

    ResponderEliminar
  2. Bebo rara e moderadamente, em 22 anos de vida nunca apanhei uma bebedeira, nunca fumei, nunca consumi e tenho o maior orgulho disso. Cada um sabe de si, é um facto, mas também há coisas que não compreendo. Acho que há pessoas que têm os valores trocados e isso é triste.

    ResponderEliminar

As palavras são como os pássaros: nasceram para serem livres, soltas ao vento... Elas reclamam liberdade.