domingo, 30 de março de 2014

Leve brisa do futuro

Sob muita pressão, dei o nó. As pessoas não são de ferro e, ainda que pareçam, todos acabamos por falhar. Então, há alturas na vida em que temos de parar de fazer o que pensamos ser o correto, o ideal, o obrigatório, para nos deixarmos levar, no sentido de parar e não pensar em nada. Há alturas em que o que temos mesmo de fazer é acreditar em nós próprios, ainda que tenhamos falhado. Porque é aí que vamos perceber o que queremos ser e fazer e é aí que vamos ter de ser menos racionais para ficarmos mais leves e conseguirmos respirar melhor. 
Sunshine 

1 comentário:

  1. Acredito que devemos fazer sempre o que sentimos apesar do que os outros pensam. A vida é nossa e só temos esta!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

As palavras são como os pássaros: nasceram para serem livres, soltas ao vento... Elas reclamam liberdade.