sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Para todos os corações que querem voar mais alto

Querer abarcar em mim todos os sentimentos do mundo chega a ser uma ideia louca.
Louca porque o mundo é louco. 
E eu fico louca com ele.
E os que me conhecem sabem o quão louca sou. 
Os que não me conhecem tomam-me como mais uma pessoa...
E, por vezes, sinto-me apenas uma pessoa... banal, como todas as outras. E deixo-me ser...
Mas eu não quero ser!
Eu quero viver. Eu quero abrir caminhos e alcançar a paz. Eu quero mudar o mundo, mesmo que ele não queira ser mudado. 
Eu quero sentir o vento e a chuva na minha cara.
Eu quero experimentar o que é novo, quero sentir o que ainda não foi sentido, eu quero o possível e o impossível.
Eu quero ser eu sem nenhum obstáculo, preocupação ou desmotivação.
Eu não quero o que todos querem. Eu quero o que eu quero. E o que eu quero ou o que eu sou não é igual a nada. É igual a mim mesma porque eu...bem, eu sou eu e sou muito melhor que eu.
Sunshine

Sem comentários:

Enviar um comentário

As palavras são como os pássaros: nasceram para serem livres, soltas ao vento... Elas reclamam liberdade.