terça-feira, 24 de abril de 2018

O Regresso

Hoje tenho tempo. Há muito que não me sentia assim. Tão livre. Tão eu... Pela primeira vez desde há dois anos, sinto que posso fazer o que quiser, que posso ser o que quiser. Hoje posso decidir o futuro sem me sentir frustrada ou desanimada. Hoje respiro mais fundo. Hoje vejo melhor o mundo através da janela do meu quarto. Hoje não temo pelo meu futuro e penso no presente. E sinto que ainda há muito a dizer, mas estou a trabalhar outra vez na minha forma de me expressar. O tempo tem vindo a apagar-me a inspiração, mas nunca a vontade de escrever e fazer melhor.
Sunshine

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Vivemos um dia de cada vez, pensando que cada dia é único à sua maneira. Vamos dando o melhor de nós sempre que podemos. Enfrentamos os nossos medos e tentamos não nos ir abaixo, mesmo quando os dias cinzentos nos perturbam. Vivemos por fases. Fases boas e fases más. Procuramos o melhor em nós e nos outros e, mesmo assim, garanto-vos que existirão dias em que nada parece fazer sentido. Por vezes a vida não faz sentido. Ultimamente cheguei à conclusão de que é mesmo assim. E só nos resta mesmo um grande sorriso para a enfrentarmos, mesmo que custe. O melhor está para vir.
Sunshine

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Eternos sonhos de infância

Bloqueio criativo. Mas não bloqueio mental. Os sonhos tenho-os apanhado um a um… Segue-se a conquista do mundo, esse que está na palma das mãos. Resta a fé que nos obriga a seguir em frente. Resta a esperança em dias melhores ainda. Resta o cabelo ao vento e a sensação de dever cumprido e a ambição de fazer melhor. Resta arriscar mais. Resta sorrir mais. Resta tudo… Restas tu. Não pares, eterna criança sonhadora...
Sunshine